Clipping: Crise na Câmara de Cascais (Fonte DN 30/07/2014)

Quatro vereadores da oposição em Cascais, do PS e da CDU, recusaram-se ontem a participar na reunião da câmara, liderada por uma coligação PSD/CDS, devido a uma "ilegalidade da convocatória" e falta de informação sobre pontos em discussão. "Cascais não pode estar subordinada ao quero, posso e mando do presidente. Há leis para cumprir, basta de prepotência", afirma João Cordeiro.

 

publicado por Paulo José Matos às 21:00 | comentar | favorito