Intervenção Paulo Matos Comissão Politica Distrital Portalegre 16-07-2015

Paulo Matos reuniao CPD.jpg

 Portalegre, 16 de Julho de 2015 - 22:15h

 

Gostaria de cumprimentar todos companheiros presentes aqui na pessoa do presidente da CPD, Dr. Armando Varela,

Inicio a minha intervenção para vos dizer que “estar longe de Portalegre não quer significa que esteja afastado”, em particular aos problemas do distrito. Nessa medida peço-vos que não interpretem mal a minha intervenção mas interpretem-na como um contributo positivo.

 

Antes de mais, quero-vos dizer aqui, que 1/3 do que sou politicamente devo-o PSD Distrital de Portalegre que em 2009 me apoiou quase sem me conhecer. Ou seja, teve a irreverencia de apoiar um jovem a presidente de câmara, sabendo desde logo que à data seria o candidato do PSD mais novo em Portugal naquela posição. Muito Obrigado!

Sem falsas modéstias tenho também de dizer-vos que o outro 1/3 devo-o a mim próprio, que ao longo dos meus 6 anos de autarca fiz e faço sacrifícios, como por exemplo, ao abdicar das ferias pessoais decorrentes da minha atividade profissional no sector privado para me deslocar a Gavião  às reuniões de câmara e a outros eventos políticos que ocorrem no distrito de Portalegre patrocinados pelo PSD.

E por fim é com agrado que devo o restante 1/3 da minha força política aos gavionenses que acreditam em mim e na minha ação politica colocado a responsabilidade do seu voto sob os meus ombros.

Dito isto, gostaria de vos dar nota que no concelho do qual faço parte, durante um pouco mais de 3 anos tivemos um problema com a reorganização dos serviços de saúde distritais e que impedia os cidadãos de Gavião irem para Abrantes, como desde há muitos anos vinha a acontecer!

Só agora, em ano eleitoral o problema ficou resolvido. Eu estou solidário com os meus co-cidadãos, isto não poderia demorar tanto tempo a resolver-se!

Desta forma, é aqui neste espaço próprio que assumo que o perfil de deputado escolhido por representação do distrito de Portalegre deve ser combativo e se for preciso incomodativo! E para não estar a falar no abstrato, dou-vos um exemplo que aconteceu muito recentemente no dia 1 de Junho (2015). Duarte Marques  deu uma entrevista ao jornal “i” e sabem qual foi a capa do jornal desse dia? Pois escrevia o seguinte “Deputado do PSD contraria Passos Coelho” e “As pessoas envolvidas no BPN são uma vergonha para o PSD” e ainda “Dias Loureiro não é exemplo para ninguém em Portugal".

duarte marques capa jornal i.png

 
Dou-te os parabéns, Joaquim Lizardo pela iniciativa em colocares-te se à disponibilidade de ser cabeça de lista por Portalegre em nome do PSD.

 

Não só te felicito, como vou-te apoiar energeticamente, pois quem dá o peito às balas pelo PSD e em concelhos socialistas sabe que o combate é duro, mesmo a nível familiar, o Lizardo é alguém que já demonstrou ter coragem para os combates agressivos que se avizinham!


Temos de respeitar o candidato socialista por Portalegre já apresentado, o Dr Luís Testa, cumprimentando-o respeitosamente e à sua equipa. No tempo cronológico temos de avançar o mais depressa possível para apanhar o ritmo.


Caros companheiros, agradeço-vos a vossa paciência em me ouvirem e termino com uma frase de Sá Carneiro que se ouve pouco em Portalegre mas que queria que se ouvisse mais “A política envolve mudança, a política envolve risco!”

publicado por Paulo José Matos às 08:00 | comentar | favorito