"Quem arruinou o país não merece vencer as eleições europeis" - Nuno Melo

Fonte: http://economico.sapo.pt/noticias/quem-arruinou-o-pais-nao-merece-vencer-as-eleicoes-europeias_193043.html

 

Com ataques directos ao "super ministro" de Sócrates - Pedro Silva Pereira - o candidato do PSD/CDS às europeias Nuno Melo diz que é hora de os portugueses mostrarem que "quem arruinou o país não merece vencer as eleições europeias". E considerou que estes ministros que estiveram com Sócrates e Guterres e que agora são candidatos do PS ao Parlamento Europeu não terão qualquer "utilidade" em Bruxelas.

 

"Envergonho-me todos os dias no Parlamento Europeu pelo que os socialistas fizeram em Portugal até 2011", disse num almoço com apoiantes da Guarda.

Citando Margaret Tatcher, apontou: "O socialismo é muito bom até se acabar o dinheiro dos outros". É, por isso, que vê com "estranheza" que António José Seguro "invoque o voto útil no PS": "Qual é a utilidade de dar a vitória aos representantes de um partido que até 2011 nos deixaram em caixa o dinheiro suficiente para pagar as despesas de um dia", questionou o primeiro candidato do CDS na Aliança Portugal.

 

No mesmo almoço, o cabeça-de lista Paulo Rangel apontou também baterias ao PS, lembrando que "as lágrimas que agora têm com o estado social são lágrimas de crocodilo", porque "não há estado social onde há bancarrota dos cofres públicos".

publicado por Paulo José Matos às 13:00 | comentar | favorito