03
Jan 08
03
Jan 08

Menos Cigarros Menos Tinta em 2008

Pessoal, tenho uma boa noticia para vós! Ou não!!!

 

Pro ano a tinta vai ser mais barata! 

 

É verdade, é que numa sociedade como a nossa em que o consumo influencia o preço, o facto da restauração não ter de pintar os interiores durante 2008, pois não irá ficar com as cores esbatidas do fumo, vai diminuir as vendas de tinta, logo, vai haver um aumento desproporcionado de stocks! Assim, as grandes superficies só com promoções e/ou preços mais baixos vão conseguir vender o que pretendem!

 

Economia de Mercado do Zé Povinho!

 

publicado por Paulo José Matos às 23:43 | comentar | favorito
02
Jan 08

2008


A todos os amigos, leitores ou simples conhecidos um os votos de um melhor 2008!

 


 

publicado por catalunha às 10:35

 


 

Comentários:

De fjanuario a 1 de Janeiro de 2008 às 18:42
Olá amigo. Desejo-lhe bons posts para 2008 e que tudo de fascinante lhe aconteça, bem como a todos aqueles de quem goste. Um abraço, João Chamiço.
Um alentejano em Almeirim.
publicado por Paulo José Matos às 17:50 | comentar | favorito

agnóstico, sim senhor

Sábado, 8 de Dezembro de 2007
 
Saber se existe Deus para quê? Já temos problemas com a Existência do Homem!

Esta semana tive uma reflexão tempestiva sobre as religiões, para que servem ou quem deveriam servir... pois bem eis alguns dos meus alicerces:

1 - "Deus" existe?

-Para que queremos nós saber se "Deus existe?" se os nossos problemas são humanos e sendo humanos bastam-nos a nós para os resolver! "Deus" não nos deu guerra, fomos nós que a criámos e somos nós que a teremos de terminar! Pegando nas passagens de Deus pela mão HUMANA que escreveu a Bíblia, ele deu-nos o LIVRE ARBÍTRIO !

2 - Devemos acreditar em Deus?

-Se ao acreditar em Deus faz de ti uma pessoa melhor, com mais valores de paz, amor e solidariedade então acredita! Se achas que Deus
não existe e que és mais amigo e tolerante com os outros pensando que não estarás a seguir uma ideologia, então estou contigo!

(...)

Então na minha reflexão descobri o que "EU" sou:
-Eu à vista da humanidade sou "Agnóstico Humanista", ou seja, não me importo com perguntas vagas e que pouco tendem a melhorar a situação da humanidade como a "Deus existe?" pois sei que se formos todos educados com valores civis - igualdade de direitos e de deveres, acabando a nossa liberdade onde começa a do outro; não existiriam religiões ou guerra pois não seria preciso descobrir qual o deus com mais beneces para quem faz mal, nem seria preciso descobrir qual a melhor forma de matar o outro sem que nós falececemos!

Vamos esquecer a figura religiosa de Jesus Cristo e pensemos só nele enquanto pessoa!
Clic" vemos que era uma pessoa boa, igual a Guandhi! Apenas queria a Paz entre todos! Então para quê por complexos teologicos a volta de uma pessoa boa!

A ironia de tudo isto, é que segundo o Deus da Bíblia e das outras religiões Bastava que nós amassemo-nos uns aos outros! Será que se isto acontecesse precisariamos alguém pensaria na questão "Deus existe"? penso que não!

Com bastante ironia digo: Bom Natal! ;)

 


 

publicado por catalunha às 19:35
l
 


 

Comentários:

De defenderportugal a 8 de Dezembro de 2007 às 21:25
O problema é que o próprio Deus que é descrito na Biblia, matou o descendente do Faraó e lançou a praga de gafanhotos sobre o Egipto. Ou seja o Deus da Biblia é bom ou vingativo ?


 



 


 

De catalunha a 8 de Dezembro de 2007 às 23:07
Se Deus disse que fomos criados a imagem e semelhança dele... então é porque se nós somos temos a capacidade de ser vingativos é porque ele também a tem!

LoL, mas isso é outro debate que não o que aqui fomento, nem quero, porque se o apoiasse estaria na posição pró Deus e eu acho que nem vale a pena discutir isso, tal como aponta o titulo deste blog!
publicado por Paulo José Matos às 17:47 | comentar | favorito

Historico V -arquivo digital

Segunda-feira, 10 de Setembro de 2007
Bilhetes Postais - arquivo digital

A falta de elementos de cultura on-line da região de Gavião, em  particular os  mais antigos foi o mote.

Decidi colocar on-line, novos conteudos que podem ser caracterizantes de alguma cultura gavionense.




Será a primeira de várias iniciativas que pretendo colocar a disposição on-line a todos os interessados.

vê mais bilhetes postais em:

http://fotogaleria.do.sapo.pt

ja no site

http://gaviao.do.sapo.pt

pretendo colocar on-line os seguintes livros/documentos de autores gavionenses (ou com forte ligação afectiva) ja falecidos:

 

  • Raposo, Hipólito - "FOLHAS DO MEU CADASTRO", Lisboa 1945
  • Raposo, Hipólito - "DESCOBRINDO ILHAS DESCOBERTAS", Lisboa 1947
  • Ventura, Francisco - "AUTO DA JUSTIÇA", Lisboa 1960
  • Ventura, Francisco - "O LIVRO DOS CÂNTICOS - POEMAS", Lisboa 1961
  • Ventura, Francisco - "À MINHA TERRA" (JA ONLINE)
     
  • Rebelo, José Pequito - "PELA DEDUÇÃO À MONARQUIA", Lisboa 1945
  • Rebelo, José Pequito - "O MEU TESTEMUNHO", Lisboa 1949 (JA ONLINE)
  • Rebelo, José Pequito - "AS ELEIÇÕES DE PORTALEGRE", Lisboa 1950
  • União Nacional - "ELEITOR DO CONCELHO DE GAVIÃO", MAÇÃO 1949 (JA ONLINE)


Fora de contexto, mas por ter achado piada ao titulo da Bd de bolso da epocá:

  • RICKY DICKISON - "O GAVIAO", Lisboa 1980


 

Não quero infringir direitos de autor, mas como sei que as peças ja não seram reeditadas penso que seja útil que a cultura chegue a todos.


 

Como nos ultimos tempos a politica no Gavião anda ao "rubro" decidi tambem colocar um espaço para download dessas temáticas difamatórias.


 

  • Santa  Casa da Misericórdia -  Nota Publicada de  Agradecimento a  D. Gisélia (JA ONLINE)
  • Um grupo de amigos do Gavião, " DIVULGUE ESTA CARTA AO SEUS AMIGOS E FAMILIARES, É NOSSO DEVER ACABAR COM AS POUCAS VERGONHAS DA CAMARA, O NOSSO QUERIDO GAVIÃO NÃO MERECE ISTO", Maio de 2007, Carta Anónima (JA ONLINE)


Paulo Matos

publicado por Paulo José Matos às 17:42 | comentar | favorito
02
Jan 08

Карандаш – Karandach – é russo, sim senhor, e significa naquela língua, muito simplesmente “lápis”.

Escreva neste espaço o que o mantém indignado!!!

Aqui o lápis está do seu lado!!!
atreve-te!!!!!!!!!!!!
 

 



 



 


 

Comentários:

De Ciso a 18 de Fevereiro de 2007 às 15:19
Vou aproveitar este momento em que disponho de algum tempo livre para inaugurar este espaço, um espaço de descompressão psicológica para deitar cá para fora algumas coisas que nos atormentam o ego.
Hoje ao ver o Telejornal apercebi-me que o Dr. Alberto João Jardim sempre que abre a boca tem o condão de me deixar de tal forma irritado que só me apetece bater-lhe.
Às vezes penso que só para ver aquele Sr. livre do “monstro colonialista” que é o “Continente”, devia-se dar a independência ` Madeira e ficar a observar o futuro dessa região sem as ajudas de Portugal, vê-la assumir uma vivência adulta de subsistente em vez desta condição de eterna adolescente. Gostava de ver quanto tempo aguentaria a governação do Dr. Alberto Jardim quando não houvesse “continente” para pôr as culpas quando as coisas não correm bem.
Faz-me confusão a forma brejeira, espalhafatosa, obstinada e, por vezes, ridícula como ele aborda os assuntos.
Guardo o maior respeito pelo povo da Madeira que nele depositou a sua confiança e que elegeram democraticamente, mas interrogo-me muitas vezes se não estavam melhor sem ele?



De um do contenente a 25 de Agosto de 2007 às 12:43
Acontece que Portugal precisa da enorme quantidade de mar que rodeia as ilhas, por motivos estratégicos. E o Dr. AJJ sabe disso...
publicado por Paulo José Matos às 17:34 | comentar | favorito