31
Jul 09
31
Jul 09

Sentes, Pensas e Sabes que Pensas e Sentes

Sentes, Pensas e Sabes que Pensas e Sentes

 


Dizes-me: tu és mais alguma cousa
Que uma pedra ou uma planta.
Dizes-me: sentes, pensas e sabes
Que pensas e sentes.
Então as pedras escrevem versos?
Então as plantas têm idéias sobre o mundo?

Sim: há diferença.
Mas não é a diferença que encontras;
Porque o ter consciência não me obriga a ter teorias sobre as cousas:
Só me obriga a ser consciente.

Se sou mais que uma pedra ou uma planta? Não sei.
Sou diferente. Não sei o que é mais ou menos.

Ter consciência é mais que ter cor?
Pode ser e pode não ser.
Sei que é diferente apenas.
Ninguém pode provar que é mais que só diferente.

Sei que a pedra é a real, e que a planta existe.
Sei isto porque elas existem.
Sei isto porque os meus sentidos mo mostram.
Sei que sou real também.
Sei isto porque os meus sentidos mo mostram,
Embora com menos clareza que me mostram a pedra e a planta.
Não sei mais nada.

Sim, escrevo versos, e a pedra não escreve versos.
Sim, faço idéias sobre o mundo, e a planta nenhumas.
Mas é que as pedras não são poetas, são pedras;
E as plantas são plantas só, e não pensadores.
Tanto posso dizer que sou superior a elas por isto,

Como que sou inferior.
Mas não digo isso: digo da pedra, "é uma pedra",
Digo da planta, "é uma planta",
Digo de mim, "sou eu".
E não digo mais nada. Que mais há a dizer?

Alberto Caeiro, in "Poemas Inconjuntos"
Heterónimo de Fernando Pessoa

publicado por Paulo José Matos às 13:17 | favorito
27
Jul 09
27
Jul 09

«Blogues (...) espaço que se abre à democracia política e cívica»

 

Caros o PS na sua figura central, José Sócrates tenta redimir-se neste tempo de pré-campanha e constatou o óbvio:



 

 

-"Os blogues constituem já actualmente um novo espaço que se abre à democracia política e cívica"!

 

 

No artigo que retiro do sol, e que em baixo deixo o link e/ou versão para impressão disse ainda:

«Os bloggers têm muito respeito por si próprios. Fazem o possível por transformar a liberdade dos seus blogues numa liberdade respeitosa - isso é um processo continuado»!

E eis o retoque final, qual paladino da liberdade:

«Bem sei que há exageros, mas o exagero faz parte do início da liberdade que os blogues constituem.»

 

 

Versao de impressao

 

Link para noticia

 

Cumps

publicado por Paulo José Matos às 20:06 | favorito
21
Jul 09
21
Jul 09

e agora ... Acontece!!!

e agora ... Acontece!!!


 

Inspirado num saudosismo ao nosso bom amigo Carlos Pinto Coelho, um desalojado do mundo da televisão de pastilha elástica... eis alguns eventos culturais que ocorreram e que tiveram a máxima simpatica de quem por lá conseguiu passar...


Teatro de Francisco Ventura

- Casa de Pais -

Local: Gavião

Parabéns ao óptimo desempenho da equipa A´Venturarte

 


 

Feira Internacional do Artesanato

Local: Lisboa

 

 

Foto: Gavião representado...

Foto: Vaso Egípcio

 

Foto: iluminária árabe

 

Foto: Zé povinho a rir-se do Socrates e da Ferreira Leite!

 


 

Cumps

publicado por Paulo José Matos às 23:54 | comentar | favorito
17
Jul 09
17
Jul 09

Comunicado urgente - Cartaz feira de Gastronomia de Gavião

 

Comunicado urgente

 

 

No dia 16 de Julho de 2009, recebi vária documentação que indiciava um plágio no cartaz da feira de Gastronomia de Gavião.

 

 

A documentação incluía pdf’s (ficheiros de imagem) que demonstrava visualmente sem qualquer dúvida a fonte do cartaz.

 

 

A mesma informação indicava que assim que tivera conhecimento do cartaz efectuara diligências para que fosse alterado ou se pagassem os devidos direitos de autor .

 

 

O e-mail expressava um “tom de revolta.”, tendo em conta que supostamente seria um membro da dita associação de Penafiel.

 

 

Acreditando na boa fé do remetente dado que a informação era bastante completa e (parcialmente) fidedigna (posso disponibiliza-la aos meios judiciais caso exista inquérito). Decidi colocar um artigo com referência ao “dito” plágio que teria ocorrido, indicando que a minha opinião pessoal era que “a confirmar-se plágio era muito grave dado estarmos a falar de uma entidade pública – Câmara Municipal de Gavião.

 

 

Nunca referi se o plágio era ou não consentido, mas acho que a boa ética pressuponha que a CMG sabendo da situação, deveria ter acautelado ocorrências emitindo um comunicado de esclarecimento.

 

 

A reacção não se fez esperar e num comentário quase instantâneo tentaram ofender-me com “despautérios” de ofensa pessoal no próprio blog.

 

 

Perto do meio-dia, sou contactado pelo pai da designer, que indica que a filha que foi a responsável na Câmara Municipal de Gavião, e que esta terá chegado à acordo com a associação em Penafiel, e que estando numa delegação da Policia Judiciária efectuaria uma denúncia se não retirasse o artigo nos termos em que estava.

 

 

Por respeito ao senhor por quem tenho estima, e pelo facto de estarmos numa democracia onde contraditório abona em favor da verdade. Retirei o artigo de imediato.

 

 

No entanto coloco este comunicado no mesmo blog, no sentido de repudiar a inexistência de uma reacção oficial por parte dos responsáveis do cartaz, e indicando que caso venha haver inquérito da PJ, tenho as provas com a fonte de informação.

 

 

Como todos sabem disponibilizo os meus dados pessoais no blog, porque sou uma pessoa factual e não tenho nada a esconder.

 

 

Atentamente

 

 

 

 

 

 

Paulo José Matos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Caríssimos leitores,

publicado por Paulo José Matos às 14:33 | favorito
03
Jul 09
03
Jul 09

PS desesperado - Manuel Pinho suicida-se politicamente!

Caros,

O PS está sem rumo... está a eclipsar passo a passo... Hoje no debate do Estado da Nação bateu no fundo, por um episódio insólito com graves consequências políticas.

A 'gaffe' de Manuel Pinho teve o repúdio e todos os grupos parlamentares ainda durante o debate do Estado da Nação.

O ministro da Economia Manuel Pinho dirigiu um gesto insultuoso a Bernardino Soares, simulando chifres, depois do deputado comunista ter criticado a presença do ministro em Aljustrel para entregar um cheque da EDP a uma equipa desportiva.

Este gesto é sem sombra de dúvida 'injustificável'!

O próprio PS, pela voz de Alberto Martins, condenou e distanciou-se do gesto. Rangel (PSD) qualificou o gesto de «intolerável». Ana Drago (BE) declarou que Pinho «não sabe estar num debate democrático».

Bernardino Soares (PCP) aceitou o pedido de desculpas enviado pelo ministro dos Assuntos Parlamentares, e considerou o insulto revelador do «desnorte do Governo».

Eis o gesto:

 

 

publicado por Paulo José Matos às 01:19 | comentar | favorito