Liberdade de imprensa à boa maneira do Partido Socialista!

O deputado socialista Ricardo Rodrigues saiu a meio de uma entrevista com dois jornalistas da revista ‘Sábado’, levando-lhes os gravadores da referida conversa, colocando-os no bolso das calças.

A conversa teve lugar no Parlamento. Já cá fora, os jornalistas Fernando Esteves e Maria Henrique Espada, confrontaram Ricardo Rodrigues com o sucedido, mas este voltou a recusar devolvê-lo.

 

A ‘Sábado’ apresentou queixa no DIAP de Lisboa, por furto e atentado contra a liberdade de imprensa.

Segundo a revista, o deputado açoriano não quis responder a questões sobre a sua ligação, como advogado, sócio e procurador, com Débora Raposo, condenada em 2008 por burla e falsificação de documentos, num caso que defraudou em vários milhões de euros a CGD de Vila Franca do Campo, nos Açores.

 

Já numa declaração posterior, no Parlamento, Ricardo Rodrigues explicou que apresentou também uma queixa contra a revista e os dois jornalistas, realçando que foi alvo de “perguntas inquisitórias e assentes em premissas falsas”.

 

Sobre a retirada dos gravadores, o deputado sublinhou que foi um acto inadvertido contra a “postura insultuosa” dos jornalistas da ‘Sábado’. Ricardo Rodrigues falou ainda de “pressão insuportável” exercida sobre si.

 

Num comunicado enviado à agência Lusa, a Comissão da Carteira de Jornalista (CCPJ) refere ter sido praticado neste caso "um ato de violação do sigilo profissional do jornalista", sendo que a lei estipula que "o material utilizado pelos jornalistas no exercício da sua profissão só pode ser apreendido no decurso das buscas em órgãos de comunicação social", ordenadas ou autorizadas "pelo juiz que preside pessoalmente à diligência".

 

Para a CCPJ, o acto de apropriação dos gravadores dos jornalistas da Sábado, protagonizado pelo deputado socialista "reveste-se assim, e no mínimo, de manifesta prepotência".

 

A Sábado divulgou na quarta-feira um vídeo no qual se vê o deputado Ricardo Rodrigues a levar os gravadores de dois jornalistas da revista durante uma entrevista e na sequência de perguntas de que não gostou.

 

Fonte: (vários) Correio da Manhã

 

 

Partido Socialista mostra o seu melhor!

 

publicado por Paulo José Matos às 00:01 | comentar | favorito