Visita do Papa Bento XVI a Portugal

 


É impossível alhear-se do que se está a passar em Portugal.

O chefe do estado do Vaticano está entre nós, com duplo objectivo, dar algum alento ao povo filho de Deus e fazer despertar uma esperança à humanidade de todos para com todos!

A igreja católica poderá ter muitos defeitos, mas tem uma grande virtude (e escrevo isto sem qualquer demagogia que possa advir pelo meu repúdio aos sinais de ostentação de riqueza e outros temas fracturantes) premeia o amor ao próximo independentemente do credo, cor ou sentido de pertença.

A palavra de Cristo, é una no sentido que o amor ao próximo será a acção que nos libertará de todo o mal.

 

 

 

 

 

publicado por Paulo José Matos às 20:01 | comentar | favorito