Reunião de câmara de dia 16 de Junho de 2010

Prestação preparada para a reunião de dia 16 de Junho de 2010

 

2 Questões

1 Observação

 

1. A Escola em Alvega está indiciada pelos meios de Comunicação Social para fechar. É referenciado que parte da comunidade escolar poderá vir para Gavião.

  • Qual o ponto de situação por parte do executivo?
  • A existir uma posição, e a ser positiva o volume extra de trabalho escolar, haverá os fundos proporcionais por parte da Direcção Geral de Educação?

 

2. Há um mês nesta reunião do executivo, foi aprovado a medida contenção por parte dos eventos Feira Medieval de Belver e Feira de Gastronomia de Gavião, indicado que o planeamento de custos viria na reunião de há quinze dias. À data de hoje ainda não nos foi disponibilizado previsional da poupança pela diminuição desses dois dias. Gostaria de saber quais os montantes.

 

 

3. O Exmo Sr. Presidente no discurso de início de mandato, falou em integridade e valores morais. No entanto é interessante verificar que o que disse não lhe vale para exemplo pois empreende uma campanha de calúnia e difamação pessoal contra a minha pessoa. O povo já percebeu isso.

 

E também já percebeu que esta a dirigir esta campanha com o propósito de me fazer desistir, usando os seus poderes de presidente e fundos públicos que tem ao seu dispor, evidenciando um potencial abuso de poder e má conduta política.

 

Refiro porém, que não desistirei.

 

Esta sua epopeia para denegrir um cidadão revela um desrespeito pelos eleitores, e refiro novamente, pelo povo. As suas atitudes ficarão na memória do povo, lembre-se disso!

 

Ao comunicado juntou-se uma moção de censura apresentada na Assembleia Municipal, eis então a prova da instrumentalização de todos os órgãos e pessoas para um fim único – destruir e fomentar má reputação da minha pessoa e do grupo parlamentar visado – PSD.

 

Por último, refiro que toda esta campanha encetada não passa de um Fait divers para entreter algumas pessoas interessadas no mesmo, dado que os verdadeiros problemas do município como o desemprego e despovoamento estão por resolver. Esses sim demonstram a verdadeira eficácia das políticas do executivo, ou seja, pouca ou nenhuma.

 

Tenho dito.

 

Paulo Matos

publicado por Paulo José Matos às 12:01 | comentar | favorito