Revisão Constitucional - Partido Social Democrata

Finalmente um partido, tomou um passo ao futuro na promoção da sustentabilidade do Estado Português e o verdadeiro trilho para o caminho do verdadeiro estado social, e que não se limita a boa vivência do curto prazo.

 

Reconhecesse que a insustentabilidade das contas públicas é o principal perigo para a existência de um Estado Social forte que possa defender e proteger, em concreto e não apenas na retórica das palavras, os mais pobres e os mais desfavorecidos.

 

"Para o PSD há um princípio claro e que jamais colocaremos em questão: nenhum português pode deixar de ter acesso à Saúde e à Educação por insuficiência de meios económicos. E há, um outro ponto de honra que o Estado tem que assumir: nenhum português pode ver perigar ou ser questionado o legítimo direito a uma reforma para a qual descontou ao longo de décadas de trabalho, através dos pagamentos que realizou para a Segurança Social.", são estas as palavras do Secretário Geral Miguel Relvas

 

Assustado(!), o PS pela voz de Francisco Assis, indica que as propostas são "Atentado ao Estado Social", e de forma muito directa e simples, pergunto eu:

  • Quem é que há um ano atrás, riscou do mapa inúmeros centros de saúde (...), ao longo de todo o País?
  •  
    • Lembrem-se da maternidade pública em Elvas que fechou e no mesmo lugar abriu uma privada!!!
  • Quem é que institui as taxas moderadoras na saúde?
  •  
    • Como se alguém tivesse prazer em estar doente! Doentio é pensar desta forma!
  • Quem é que se lembrou a 3 semanas da época escolar dar início, de fazer fechar mais de 700 escolas?
  •  
    • Professores, alunos e pais ... todos foram no mínimo desconsiderados!

  • Quem é que prevê cortar os benefícios fiscais ao nível dos descontos de saúde e educação, em sede de IRS?
  •  
    • Mais um aumento de imposto, de forma encapotada, e que não dá valor discriminatório às normais despesas de saúde e educação!

É isto, o que o Partido Socialista considera ser uma governação de encontro ao ideal de Estado Social?

 

Neste momento, há uma profunda incoerência entre o discurso e a verdade praticada na acção legislativa!

 

 

 

Aconselho a todos os leitores a informarem-se bem, sobre o que é que o PSD propõe!

 

Mas, em breve colocarei aqui um pequeno resumo.

publicado por Paulo José Matos às 23:00 | comentar | favorito