Canoagem - Portugal apura cinco canoístas para Londres 2012

Noticia público 21 de Agosto de 2011

Fonte: http://desporto.publico.pt/noticia.aspx?id=1508452


Portugal vai terminar os Mundiais de canoagem com objectivos aquém do esperado, pois apurou para Londres2012 “apenas” cinco atletas dos ambicionados “sete a nove”.

 

Hoje, nos 200 metros, a C1 Hélder Silva e o K2 Leonel Correia/Filipe Duarte tentaram a final, mas falharam o objectivo, no caso do primeiro com a frustração de ter sido o primeiro barco fora da desejada final.

O K4 Helena Rodrigues/Teresa Portela/Joana Vasconcelos/Beatriz Gomes garantiu quatro vagas femininas para Londres 2012, enquanto o K1 Fernando Pimenta conseguiu um lugar masculino para Portugal.

O K4 1.000 campeão europeu Fernando Pimenta/João Ribeiro/Emanuel Silva/David Fernandes foi a grande decepção lusa nos Mundiais, tendo falhado a regata das medalhas e sido segundo na final B (11º) – ainda assim, com o sétimo tempo final entre todas as selecções (teria dado para vencer quatro finalistas).

Hoje o destaque voltou a ser para Teresa Portela, que confirmou o apuramento olímpico em K1 500 (já o tinha feito em K4 500) com o sexto lugar na final, conquistando ainda o direito a disputar a prova das medalhas dos 200 metros no domingo.

A terceira melhor canoísta do mundo em 2010 e a verdadeira “estrela” portuguesa nestes Mundiais fez os 500 metros em 1.49,910 minutos, a 2,844 segundos da campeã mundial alemã.

Nas “meias” dos 200, 39,824 segundos chegaram para bater a japonesa Shinobu Kitamoto, bronze nos Mundiais de 2010, por 300 milésimas e a ucraniana campeã olímpica Inna Osypenko-Radomska por 564.


Hélder Silva ficou com o travo amargo de ter sido o primeiro atleta fora da final C1 200, com o 10º tempo geral, que o relega para a final B: foi quarto na semifinal mais rápida, a 234 milésimos do sonhoque lhe foi tirado pelo campeão brasileiro.

O K2 200 Leonel Correia/Filipe Duarte também precisava de ir à final, mas, numa semifinal muito forte, foi quinto com 32,586 segundos (bateu-se até ao fim com a campeã olímpica e mundial Espanha), a 0,942 segundos da vencedora Inglaterra: disputarão a final B.

Ainda assim, estas duas tripulações mantêm a esperança de qualificação olímpica. Em Maio de 2012, há um evento especial em Poznan (Polónia), para atribuir à Europa ainda duas vagas para K1 200 e 1.000, uma para K2 200 e 1.000 e duas para C1 200.

O K2 500 Beatriz Gomes/Joana Vasconcelos exibiu-se a elevado nível e triunfou na final B, ficando com o 10º final.

Fora do programa de qualificação olímpica, o K2 200 Helena Rodrigues/Joana Sousa foi quinto e também vai disputar a final de consolação.
 

publicado por Paulo José Matos às 13:29 | comentar | favorito