12
Set 11
12
Set 11

New Proto Land Rover Defender

New Proto Land Rover Defender

 

Beautiful car

 

publicado por Paulo José Matos às 08:00 | comentar | favorito
07
Set 11
07
Set 11

Intervenção programada enquanto vereador na Câmara Municipal de Gavião

 

Nota - As reuniões de câmara são públicas!

 

Caros amigos,

 

Hoje a reunião de câmara foi sem dúvida especial.

 

Por muita ou pouca razão que eu tenha na apreciação que coloquei ao executivo e que está transcrita em baixo, por muito teórica ou prática ela seja, não puderam deixar de me chamar à atenção, nomeadamente apelidando-me de carteiro, e que eu até nem levo a mal... Mas o mais curioso é foi a primeira reunião em que não me pude conter e tive de começar a rir (MESMO), correcção todos os elementos presentes naquela reunião desmancharam-se a rir... então não é que a meio de um ataque político, dirigido pelo Vereador Francisco Louro, sobre o as reformas do governo do meu partido PSD está a por em marcha, (aqui para nós para resolver a trapalhada de contas públicas que o governo PS deixou) este coloca propositadamente a tocar no seu telemóvel a música de Grândola Vila Morena... hilariante meus senhores!

 

Só posso dizer que assim, é muito mais fácil ouvir as criticas àquilo que eu levo para debate ao executivo! ahahahahahha {#emotions_dlg.lol}

 

 


Gavião, 7 de Setembro de 2011

 

Caríssimo Presidente e Vereadores,

 

Hoje, a minha intervenção irá pautar-se pelo início de uma análise de benchmarking com outros concelhos que sempre procurarei fazer ao longo do tempo, e que agora trago os resultados.

 

A proposta de redução de despesa, servirá também como refutação às palavras do vice-presidente Germano Porfírio, que neste mesmo local me instigou a rever os meus apontamentos ou intervenções pois os considerou sempre de carácter despesista. Essas declarações não pensadas não tiveram certamente em conta o meu apoio expresso aos cortes em termos de dias programação tanto à Feira Medieval bem como à Feria de Gastronomia, ou ainda o apoio expresso em tornar bienal a Feira Medieval.

 

Coloco-vos desta forma, o resultado de um estudo que tenho desenvolvido em paralelo para conhecer melhor a actividade dos serviços da câmara em termos operacionais, e encontro várias situações que julgo ser importante desenvolver. Trago-vos hoje uma medida que a ser implementada, e após os devidos protocolos a efectuar com as juntas de freguesia permitirá uma poupança anual mínima de 1.500€ / ano.

 

Tendo em conta os seguintes dados

- O preço médio de um Litro de Gasóleo é 1,40 €

- O transporte operacional em veículo municipal efectua um consumo combinado estimado de 8 litros/100km

Logo, o custo por cada 100km é de 11,2 €

 

 

Actualmente e tanto quanto me foi dado a conhecer, todos os funcionários necessitam de efectuar o registo de entrada ao serviço no estaleiro da câmara. Isto julgo acontecer mesmo para aqueles que irão efectuar serviço na freguesia de onde provêm. Ora tomando o exemplo extremo de um funcionário originário da Comenda a fazer serviço na Comenda, esta situação faz com que os serviços da câmara nesse dia tenham de fazer mais 72km, que aquilo que era o desejável.

 

Caso exemplo

1)     Recolher o funcionário em Comenda para o estaleiro de Gavião – 36 km;

2)     Entregar o funcionário no local de obra – 36 km, valor acumulado de 72 km;

3)     Recolher o funcionário para o estaleiro de Gavião – 36 km, valor acumulado de 108 km;

4)     Entregar o funcionário no local de origem – 36 km, valor acumulado de 144 km .

 

Se neste caso extremo de apenas 1 destino ocorrer em pelo menos metade do ano, isto é, em 183 dias o resultado de 13.176 km desperdiçados será o valor 1.476 € em Gasóleo, fora custos de manutenção e o custo hora homem do motorista necessário para o transporte.

 

Por este exemplo pode não parecer muito, mas temos de ter em atenção todos os trajectos para onde o município tem trabalhos a decorrer e talvez o valor suba para consideravelmente.

 

Proponho então que os funcionários municipais que efectuam trabalhos nas freguesias de onde são originários, possam efectuar o registo do dia de trabalho na própria junta de freguesia, por protocolo a estabelecer entre a Câmara Municipal de Gavião e todas as juntas de freguesia do concelho, permitindo assim agilizar o processo e conter os gastos.

Neste protocolo, pelo serviço prestado na junta de freguesia seja o de transporte ou apenas o administrativo, seria dado um valor pecuniário variável, que nunca poderia ser superior ao custo de transporte até à sede no município.

 

Para análises futuras, gostaria de saber qual o custo ao município por hora de iluminação pública, se existe custo de alteração de horário, e se o processo de alteração é simplificado e rápido, ou não.

 

O vereador

Paulo José Estrela Vitoriano de Matos

 


 

 

publicado por Paulo José Matos às 12:55 | comentar | favorito
03
Set 11
03
Set 11

Blogues anónimos pelos vistos funcionam, a palavra de um vereador nem por isso! :-)

Boa tarde,

 

Hoje ao dar uma volta pela vila a ver se estava tudo arranjado e limpo, ou o contrário como é mais normal... pois a vila está ao abandono... e deparo-me com a famigerada grelha junto ao ringue - vedada!

 

 

Que boa gargalhada eu dei, meus senhores!

 

http://oratoqruge.blogspot.com/2011/08/fontanario-acidentado.html

 

http://aovelhanegra2011.blogspot.com/2011/08/incompetencia-dos-dirigentes.html

 

Então não querem lá ver que afinal os dirigentes deste concelho lêem os blogues anónimos da Ovelha Negra e o Rato que Ruge, pois só isso compreende a reacção àquele espaço em especifico, mas as casas de banho que os também devia envergonhar, e que foi até alvo de uma inquirição por parte do vereador Paulo Matos no local próprio nem uma pequena atenção teve ao contrário do prometido pelo sr. presidente, nem que seja pelo facto de que durante estes dias são inúmeras as excursões que param no jardim do cruzeiro para fazer uma pausa antes de chegar a Campo Maior e que boa memória levam de Gavião!

 

Ver ACTA N.º 02/11 - http://www.cm-gaviao.pt/municipio/camara_municipal/actas/acta_201102.pdf

ou a intervenção não censurada em http://p-m.blogs.sapo.pt/60650.html

 

Assunto levado à ordem de trabalhos pelo vereador Paulo Matos

Apresentou ainda uma sugestão de melhoria sinalética ou mesmo a criação de um projecto de raiz, para melhorar as condições higiénico-sanitárias disponíveis aos clientes da Rede Expresso.
Referindo que os passageiros não encontram com facilidade um serviço de WC nas proximidades, sendo que pelos relatos que lhe foram remetidos por vários cidadãos, até o WC do posto de combustíveis por vezes é disponibilizado de forma a colmatar a carência. Uma vez que o WC existente está bastante degradado vítima de vandalismo constante e, por outro lado, não está devidamente assinalada a proximidade do WC no local de paragem da Rede Expresso. Pelo que propõe uma solução para o problema que poderia passar por “sinalizar o WC do jardim do cruzeiro no local de paragem da rede expresso, coordenando também um aumento da manutenção e vigia do espaço para evitar os problemas já referenciados” ou que “se inicie um estudo de projecto para construção de um pequeno WC no espaço do parque de estacionamento público, estando este o mais próximo possível da paragem da Rede Expresso”.

 

Resposta do executivo

Relativamente à questão das instalações sanitárias para uso dos passageiros da Rede Expresso, pensa que a colocação de sinalização informativa dos wc’s públicos e a melhoria da manutenção e limpeza do local será a solução, considerando desnecessária a construção de novas instalações.

 

 

 Um casa de banho imunda, um miradouro com buracos no tabuado, onde alguém ainda se pode aleijar, um miradouro... que já não é digno desse registo!

 

Enfim, e em desabafo bem jovial, e é caso para dizer, que venha mais blogs anónimos para ver se Gavião evolui também ao nível de emprego e do combate à desertificação!

publicado por Paulo José Matos às 13:00 | comentar | favorito