Para refletir... é isto que queremos realmente ver na televisão?

publicado por Paulo José Matos às 23:28 | comentar | favorito