31
Out 13
31
Out 13

Chegou a BAJA - 2013!

 

ZE 5 / SA 5 – Quinta da Margalha / Gavião (39 25 763N / 07 54 672W)
Localização: Quinta da Margalha.

 

Características: Zona artificial com algumas curvas e um salto. Boa visibilidade.

 

Acessos:  Vindo de norte, pela A23, sair para Mouriscas ou Portalegre ( IP2 ), e seguir as
indicações para Gavião (EN 118). Próximo desta localidade, seguir pela EN 244 para Ponte de
Sôr e um pouco mais à frente seguir direção Vale da Vinha. A ZE encontra-se imediatamente a
seguir ao desvio. Vindo de sul por Ponte de Sôr seguir pela EN244 para Gavião, antes da
povoação seguir direção Vale da Vinha.

 

Já próximo do local seguir indicações ZE5.
2/11: 1ª Moto (km 104,09): 10h28; 1º Auto SS3 (km 104,09): 13h43

publicado por Paulo José Matos às 22:00 | comentar | favorito
tags:
30
Out 13
30
Out 13

Admissão de Novos Bombeiros - Gavião

 

 


A escolaridade obrigatória exigida depende da data de nascimento, de acordo com a Lei nº 85/2009 de 27 de agosto:

- 250 horas formação ( Um ano mais estágio)
- Entre 1 Janeiro 1967 e 31 Dezembro 1980, 6 anos escolaridade;
- Entre 1 Janeiro 1981 e 31 Agosto 1997, 9 anos escolaridade;
- A partir de 1 Setembro 1997, 12 anos escolaridade.

As inscrições devem dar entrada nos Bombeiros Municipais de Gavião até ao dia 30 de novembro.
publicado por Paulo José Matos às 18:30 | comentar | favorito
29
Out 13
29
Out 13

Clipping - Altri investe 35 milhões na Celulose do Caima

Link: http://economico.sapo.pt/noticias/altri-investe-35-milhoes-na-celulose-do-caima_180467.html



Altri investe 35 milhões na Celulose do Caima

Hermínia Saraiva  
29/10/13 12:58

 

Reconversão da fábrica permite vender produto com maior valor acrescentado.


A Altri está a negociar com a AICEP um contrato de investimento de 65 milhões de euros. A maior fatia desta verba, 35 milhões, será aplicada na reconversão da Celulose do Caima para a produção de pasta solúvel, que terá como principal destino o mercado chinês. Os restantes 30 milhões serão direccionados para a Celbi.



A expectativa de Paulo Fernandes, presidente da Altri, é vir a "obter benefícios que estejam no topo daquilo que a AICEP costuma atribuir". "Há limites impostos pela Comissão [Europeia] que andam à volta dos 30% a 35%, mas esses incentivos só serão atingidos com metas muito claras, temos de nos comprometer com exportações, com o valor acrescentado, a manutenção de postos de trabalho", explica o presidente da Altri.



A reconversão da fábrica da Celulose do Caima deverá estar concluída em 2015, passando a produzir "dissolving pulp", ou pasta solúvel, que pode ser usada na produção de viscose para o sector têxtil, de acetatos para a indústria tabaqueira ou de combustíveis, entre outros. "Este produto vai ser dirigido à China e a Taiwan, onde temos desenvolvido contactos", avança Paulo Fernandes.

publicado por Paulo José Matos às 13:00 | comentar | favorito
21
Out 13
21
Out 13

O que não vai ler no "Alto Alentejo"... "Trabalhadores Municipais Gavionenses em Fúria"

Amigos,

 

Vários funcionários do município (e externos às listas do PSD) pediram-me para tornar a seguinte mensagem, pública, atendendo a que este espaço virtual é o mais visto no concelho.

 

Por outro, lado eu reconheço que a única forma de terem uma palavra é aqui, pois o jornal Alto Alentejo sempre omitiu, facto comprovável com provas documentais, os problemas provocados nos salários dos trabalhadores pelo órgãos políticos dirigentes.

 

 

 

"Trabalhadores Municipais Gavionenses em Fúria

 

Os trabalhadores municipais, não entendem como no último dia de mandato oficial, o Presidente Jorge Martins, em conjunto com o seu Vice-Presidente Germano Porfírio, não tiveram uma palavra de despedida oficial.

 

Mais, tal comportamento, contrastou com realizado pelo apenas vereador Francisco Louro, apenas terceiro na hierarquia, e que sim, se despediu dos serviços de forma saudosista e emocionada.

 

A revolta camarária foi tanta, em particular para 19 trabalhadores, que no dia da tomada de posse dos novos órgãos, foi estendida uma faixa de protesto no largo do município, mas que foi removida por forma a esconder o problema, horas antes.

 

Pedimos que tudo isto seja divulgado, que a população saiba que aconteceu.

 

Trabalhadores Anónimos"

 

publicado por Paulo José Matos às 08:00 | comentar | favorito
19
Out 13
19
Out 13

Tomada de posse - Câmara Municipal - Mensagem de Paulo Matos

Tomada de posse - Mensagem pessoal - Paulo Matos


“Gavião em Primeiro”

 

Caras e caros amigos gavionenses,  

 

Foi um enorme prazer tomar posse num dos órgãos autárquicos do Concelho do Gavião, que mais influenciará o destino de todos os habitantes no próximo quadriénio - a Câmara Municipal.  


Nos próximos quatro anos, precisamos de um executivo e de uma assembleia municipal de decisão e com capacidade de resposta aos novos problemas que serão colocados.

 

Precisamos de novas soluções, de abertura de espírito para ouvir todos os intervenientes para, em consonância, decidir o melhor para o Concelho.  


A democracia é soberana.

 

Os elementos do “Novo Gavião” souberam ler os resultados. Com muita atenção, sem sobranceria. O projecto que sempre defenderemos nos mais diversos locais será o projeto que coloca o “município em Primeiro” lugar, servindo os interesses de TODOS aqueles que escolheram habitar e dar o seu melhor para colocar o nosso Concelho e as nossas Freguesias no topo das suas prioridades.  


Os diversos órgãos que hoje tomaram posse, sabem que podem contar com o trabalho, a dedicação e o empenho dos eleitos do PSD.  


Desejamos contribuir para a criação de um novo modelo ético de governação, ouvindo as pessoas. Destaco, aqui a nossa vontade, a nossa disponibilidade, para e ao contrário do que aconteceu no  passado,  para estarmos juntos na elaboração dos orçamentos anuais, por forma a dar uma objetividade coletiva a projetos que sirvam TODOS os Gavionenses, e querendo mostrar  assim que estamos presentes de CORAÇÃO para uma governação mais interativa, dinâmica e transparente.


Por último, deixem-me dar uma palavra de estímulo e agradecimento a todos aqueles que participaram num projeto coletivo chamado Gavião e que pelas mais variadas razões, irão deixar o Executivo Municipal e a Assembleia Municipal.  


Apesar de, muitas das vezes, termos opiniões e soluções diferentes para os problemas que se deparavam ao longo dos tempos, reconheço no ex-vereador Francisco Louro  em representação dos vereadores que saíram  e no ex-Presidente da Assembleia Municipal, Hipólito  Soldado em representação dos membros da Assembleia, as capacidades necessárias a homens de visão larga e objetiva que ajudaram o Gavião a ser melhor todos os dias. Muitas das vezes esquecidos, demonstram que o trabalho diário e feito na sombra dos holofotes tem valor, muito mais valor do que se pensa.


Agora está na altura de cumprirmos com os nossos objetivos, com as nossas ideias, com o nosso trabalho com um Novo Executivo e Novos Membros da Assembleia Municipal.  


Juntos, como equipa, num projeto de CORAÇÃO para TODOS. Porque o Gavião tem de estar sempre em PRIMEIRO.


Desejo que todos tenham sucesso no trabalho realizado, porque o nosso sucesso será o sucesso do GAVIÃO.

 

Viva Gavião.

 

publicado por Paulo José Matos às 17:00 | comentar | favorito