Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Um espaço sem censura! Focado na sociedade!

A livre opinião por Paulo Matos e ao abrigo da Constituição da República Portuguesa!

Um espaço sem censura! Focado na sociedade!

A livre opinião por Paulo Matos e ao abrigo da Constituição da República Portuguesa!

Comunicado urgente - Cartaz feira de Gastronomia de Gavião

17.07.09, Paulo José Matos

 

Comunicado urgente

 

 

No dia 16 de Julho de 2009, recebi vária documentação que indiciava um plágio no cartaz da feira de Gastronomia de Gavião.

 

 

A documentação incluía pdf’s (ficheiros de imagem) que demonstrava visualmente sem qualquer dúvida a fonte do cartaz.

 

 

A mesma informação indicava que assim que tivera conhecimento do cartaz efectuara diligências para que fosse alterado ou se pagassem os devidos direitos de autor .

 

 

O e-mail expressava um “tom de revolta.”, tendo em conta que supostamente seria um membro da dita associação de Penafiel.

 

 

Acreditando na boa fé do remetente dado que a informação era bastante completa e (parcialmente) fidedigna (posso disponibiliza-la aos meios judiciais caso exista inquérito). Decidi colocar um artigo com referência ao “dito” plágio que teria ocorrido, indicando que a minha opinião pessoal era que “a confirmar-se plágio era muito grave dado estarmos a falar de uma entidade pública – Câmara Municipal de Gavião.

 

 

Nunca referi se o plágio era ou não consentido, mas acho que a boa ética pressuponha que a CMG sabendo da situação, deveria ter acautelado ocorrências emitindo um comunicado de esclarecimento.

 

 

A reacção não se fez esperar e num comentário quase instantâneo tentaram ofender-me com “despautérios” de ofensa pessoal no próprio blog.

 

 

Perto do meio-dia, sou contactado pelo pai da designer, que indica que a filha que foi a responsável na Câmara Municipal de Gavião, e que esta terá chegado à acordo com a associação em Penafiel, e que estando numa delegação da Policia Judiciária efectuaria uma denúncia se não retirasse o artigo nos termos em que estava.

 

 

Por respeito ao senhor por quem tenho estima, e pelo facto de estarmos numa democracia onde contraditório abona em favor da verdade. Retirei o artigo de imediato.

 

 

No entanto coloco este comunicado no mesmo blog, no sentido de repudiar a inexistência de uma reacção oficial por parte dos responsáveis do cartaz, e indicando que caso venha haver inquérito da PJ, tenho as provas com a fonte de informação.

 

 

Como todos sabem disponibilizo os meus dados pessoais no blog, porque sou uma pessoa factual e não tenho nada a esconder.

 

 

Atentamente

 

 

 

 

 

 

Paulo José Matos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Caríssimos leitores,