António José Seguro interrompe entrevista de António Costa no TVI24

António José Seguro interrompe entrevista de António Costa no TVI24

Congresso no PS, com pontos altos!

O XVIII congresso do PS ficou hoje marcado por um episódio algo caricato: António Costa estava a dar uma entrevista em directo à TVI 24 quando subitamente irrompeu pelo estúdio o seu arqui-inimigo socialista António José Seguro, secretário-geral do PS.

 

Seguro, convidado por um dos jornalistas que estava a conduzir a entrevista a Costa, Paulo Magalhães, não se fez rogado e juntou-se à conversa. Costa, surpreendido, decidiu ao fim de alguns momentos sair. Tão depressa queria ir embora que, se não fosse um dos jornalistas, levaria consigo o microfone que tinha preso na lapela.

 

Minutos mais tarde, Seguro transitou para outra entrevista em directo, desta vez na RTP. O entrevistado que se seguiria seria António Costa. A produção da estação tentou insistentemente repetir o 'número', mas desta vez ao contrário: Costa a juntar-se a uma entrevista a Seguro. O presidente da câmara de Lisboa recusou obstinadamente, esperando que o líder deixasse o 'plateau' da RTP e só depois entrando ele.

 

O episódio enfureceu o presidente da câmara de Lisboa. Falando a jornalistas depois disse que Seguro representa "uma nova etapa de intimidade entre a liderança política [do PS] e a comunicação". E isto por contraste com Sócrates, "menos íntimo [da comunicação social] e mais concentrado nas pessoas e nos cidadãos".

 

Costa e Seguro são há décadas adversários no PS. O presidente da CML será o número dois de Assis na sua lista para a Comissão Nacional. O debate preparatório das directas no PS ficou marcado por uma declaração 'assassina' de Costa em relação a Seguro: "Não o conheço", disse, na "Quadratura do Círculo" da SIC Notícias

publicado por Paulo José Matos às 21:43 | comentar | favorito